Câmara realiza Sessão Solene em comemoração ao Dia da Reforma Protestante

Data: 20/10/2010

Câmara realiza Sessão Solene em comemoração ao Dia da Reforma Protestante

Aos quinze dias do mês de outubro de 2010, às 19h00min horas, a Câmara de Vereadores de Presidente Getúlio acolheu no auditório do Hotel Cayorá, autoridades políticas, autoridades eclesiásticas, lideranças, familiares e amigos para o ato solene em comemoração ao dia da Reforma Protestante, instituído no calendário cívico cultural do município através da lei nº 2.683/2009. A Sessão Solene teve origem no Requerimento nº 013/2010 de iniciativa do Vereador Ademar Schulze e foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores. Iniciando a solenidade o mestre de cerimônias Robson Barrentin passou a compor a Mesa das autoridades a qual foi composta pelo Excelentíssimo Presidente da Câmara Senhor Paulo Moacir Oliani, Ilustríssimo Vice-Prefeito Municipal Senhor Ingo Braatz - neste ato representando o Prefeito Senhor Nilson Francisco Stainsack -, o Excelentíssimo Vereador Senhor Ademar Schulze, neste ato na qualidade de orador desta Sessão Solene, o Reverendíssimo Pastor Senhor Leandro Ristow – neste ato representando as duas igrejas evangélicas da cidade -, e o Professor Dr. Claus Schwambach – Diretor da Faculdade de Teologia de São Bento do Sul e palestrante desta noite. Também se fizeram presentes os Excelentíssimos (a) Vereadores (a) Senhores (a) Ademar Minich, Aroldo Schünke, José Miguel Klug, Gilmar Prust e Osmir Frare. Logo após a execução do Hino Nacional Brasileiro o Senhor Presidente concedeu o uso da palavra ao Ilustríssimo Vice-Prefeito Senhor Ingo Braatz que após saudar a todos, em seu pronunciamento disse que é com muita satisfação e alegria que participa desta solenidade e enalteceu esta noite como sendo mais uma especial e de significativo memorável. Logo após, foi convidado a fazer uso da palavra o Pastor Leandro Ristow que inicialmente desejou as boas vidas a todos em nome das duas igrejas evangélicas. Disse que no próximo dia 31 de outubro, luteranos de todo o mundo lembrarão o dia da Reforma Protestante. Lembrou ainda, que o Dia 31 de Outubro entrou para a história como sendo o dia em que no ano de 1517 o monge Augustiniano Martim Lutero fixa nas portas do Castelo de Wittemberg na Alemanha as 95 Teses sobre o valor das indulgências estabelecendo um divisor de águas no cristianismo, representando um grito de protesto contra as práticas da igreja na época, principalmente contra o comércio de indulgências. Disse ainda que o legado de Martin Lutero contribuíram nas área social, política, educacional, familiar, ética, moral e, principalmente, na área religiosa. Continuando, disse que as bases da Reforma Protestante estão nas Escrituras Sagradas e que podem ser resumidas nos quatro pilares da reforma sendo: Somente Jesus Cristo – Somente a Graça – Somente a Fé e Somente as Escrituras. Para finalizar, agradeceu em nome das igrejas luteranas a aprovação da Lei que Instituiu o Dia da Reforma apresentado pelo Vereador Ademar Schulze. Ato contínuo foi convidado a fazer uso da palavra o Vereador Senhor Ademar Schulze, na qualidade de orador da presente Sessão Solene. Após as saudações de praxe em seu pronunciamento o Vereador Ademar Schulze iniciou destacando o vasto campo de abrangência que o tema desta noite atinge. Lembrou dos conflitos e problemas sociais hoje presentes no mundo e amplamente discutidos nas rodas de amigos, e, principalmente divulgados na mídia, notadamente, telejornais, usando jovens viciados em drogas e bebidas alcoólicas, homens, mulheres e casais que não se respeitam, conflitos familiares e assemelhados. Quanto à responsabilidade, disse que somos regidos por três poderes distintos, o Poder Executivo, Poder Legislativo e o Judiciário, destacando dentre os mesmos sua tarefa e competência. Todavia, lembrou que não depende somente destes a responsabilidade de combater o mal, mas também, da comunidade num todo, foi quando, incluiu um quarto poder que detém relevante papel no contesto de ajudar que são as igrejas cristãs as quais tem contribuído significativamente no processo de transformação da sociedade devido sua influência divina, salientou este Vereador. Finalizou seu discurso com uma frase do matemático e filósofo grego Pitágoras que disse: "Educais as crianças e não será preciso punir os homens". Em seguida, para proferir a palestra com o tema Reforma Protestante: A redescoberta do Evangelho e seus efeitos sociais e culturais foi convidado o Professor Dr. Claus Schwambach – Diretor da Faculdade Luterana de Teologia de São Bento do Sul . Após saudar as autoridades e pessoas presentes o professor Dr. Claus iniciou sua fala destacando que lembrar a Reforma Protestante é lembrar-se de um dos eventos que mais marcou a história da humanidade. De acontecimentos nossa história humana está cheia, mas de acontecimentos memoráveis nem tanto, e sempre é uma coisa muito especial quando no contesto de nossas cidades as autoridades constituídas, eventos que marcaram a cultura ocidental são lembrados, palavras do professor. Continuando, enalteceu que fazem quase 500 (quinhentos) anos que Martinho Lutero redescobriu a mensagem libertadora do evangelho de Jesus Cristo, cujo acontecimento mudou a fase do ocidente. A reforma abriu as portas para a idade moderna, quando, no dia 31 de outubro de 1517, publicou suas famosas 95 teses na porta da igreja do castelo de Wittemberg denunciando a venda das indulgências como uma atividade ilegal e imoral. Cuja reforma esta no centro deste acontecimento. Foi uma época descrita como idade das trevas, foram rompidas pela reforma, densas trevas de um ensino e de uma prática eclesiásticos que mantinham as pessoas presas a um mundo de crendices, superstições, falsos pensamentos e medos. Todavia, tudo foi rompido por uma mensagem alegre, vibrante, centrada nas escrituras sagradas e que cativou as pessoas, registrou o palestrante. Continuando, disse que a reforma não foi um evento somente dos protestantes, mas sim, um evento da igreja cristã e que libertou o povo do medo de um Cristo autoritário e impiedoso mostrando um Cristo libertador e que ama as pessoas e que estas são salvas pelas fé e não por obras praticadas. Ao longo de sua palestra o professor Dr. Claus procurou deixar bem claro os reais efeitos e conseqüências quanto ao tema de sua palestra dimensionando duas ênfases, primeiro, a redescoberta do Evangelho, que é o pressuposto para tudo que vem após, segundo, seus efeitos sociais e culturais, captando e apresentando o que realmente mudou a cara do mundo nestes quase quinhentos anos e que modificou radicalmente o modo de pensar e agir das pessoas seja no campo afetivo, matrimonial, profissional e espiritual. Encerrada a palestra, o Senhor Presidente convidou o Vereador Senhor Aroldo Schünke a fazer a entrega ao palestrante de uma cesta com produtos coloniais e artesanais de nossa cidade, simbolizando o carinho e agradecimento do povo de Presidente Getúlio pela palestra proferida. Finalizando o evento, o Senhor Presidente registrou os agradecimentos a autoridades políticas, eclesiásticas e amigos a honra da presença de todos.